Histórico do periódico

A Revista Internacional de Educação Superior [RIESup] é uma publicação científica eletrônica do Grupo Internacional de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (GIEPES) da Faculdade de Educação da UNICAMP e da Rede Internacional de Pesquisas em Educação Superior (RIES), com periodicidade quadrimestral e dirigido a pesquisadores, professores, profissionais e estudantes com interesse no campo da educação superior.

O objetivo é difundir conhecimento e pesquisas inovadoras para o saber educacional, tornando-se um espaço de incentivo à publicação da produção resultante de estudos e pesquisas sobre Educação Superior, além de socializar a produção de conhecimentos científicos advindos de pesquisa acadêmica concluída ou em desenvolvimento sobre questões gerais da educação superior brasileira e internacional.

A Revista está sediada no GIEPES, que é um grupo com sólida experiência em estudos e pesquisas sobre educação superior, temática que tem sido muito debatida ultimamente em virtude das políticas de educação superior em vários países como: o Espaço Europeu de Educação Superior, a Reforma Curricular pela Universidade Harvard, o Projeto de Reforma Universitária Brasileira e as reformas dos países Latino-Americanos. A contribuição científica do GIEPES está em monografias, dissertações, teses, artigos, livros, eventos e debates.

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (GEPES) foi criado em 28 de outubro de 1992. Sua função principal era a realização de estudos e pesquisas sobre a educação superior, particularmente a brasileira.

No ano de 2008 doutorandos egressos do GEPES - professores e pesquisadores de Programas de Pós-Graduação de IEs localizadas em outros Estados - organizaram Grupos Regionais de Estudos e Pesquisas em Educação Superior em suas unidades, e estão desenvolvendo pesquisas conjuntas em forma de rede. Os grupos de pesquisa filiados são: GEPPES-SUL, sediado no PPGE da UNOESC-Santa Catarina. GEPES-UNIOESTE e GEPES-UNIVALI; GEPES – URI; GEPES FURB. Este sistema de rede de pesquisas com perspectivas múltiplas, possibilita trabalhos de repercussão nacional e internacional.

Em 2015, após a abertura de grupos associados regionais e internacionais, o grupo incluiu a palavra “internacional” em seu nome e passou a ser chamado de Grupo Internacional de Estudos e Pesquisas em Educação Superior (GIEPES).

Os estudos e pesquisas realizados pelo grupo pretendem analisar, com rigor científico e seriedade acadêmica, as grandes questões que as universidades enfrentam atualmente. Nestes anos de existência, foram produzidos trabalhos sobre diferentes áreas da educação superior, notadamente sobre políticas da educação superior, administração universitária, planejamento, avaliação institucional, ensino de graduação, de pós-graduação, formação de professores, pedagogia universitária, projeto pedagógico, corpo discente e reformas universitárias. Seus trabalhos também têm versado sobre a questão dos parâmetros epistemológicos da modernidade e da pós-modernidade, bem como desenvolvido uma acentuada produção sobre as reformas universitárias que se processam na Europa, nas Américas e no Brasil.

Além dessas áreas, ultimamente, o GIEPES tem contribuído com estudos sobre questões curriculares, notadamente a respeito da ênfase na Formação Geral do estudante e acompanhado a política de educação superior europeia no que se denomina Espaço Europeu de Educação Superior (EEES). Como grupo de pesquisa, tem mantido contato com instituições de pesquisa congêneres nacionais e internacionais e contribuído com estudos científicos e publicações tanto em periódicos como em livros.